6 dicas matadoras para SEO em imagens

6 dicas matadoras para SEO em imagens

Talvez não tivesse reparado, mas as imagens podem gerar enormes quantidades de tráfego orgânico.

Alguém busca um produto no Google, um lugar, uma receita ou um infográfico e ai aparece o espaço que poderia ocupar com sua imagem.

A pesquisa universal mostra imagens nas páginas de resultados de forma misturada. Isso significa que não é necessário buscar exatamente uma imagem para encontra-la, pode aparecer em qualquer momento na busca.

É inegável, vivemos na cultura das imagens. Sentimos atração quando vemos algo que nós impacta. As emoções que sentimos com um rápido impacto visual é impossível que possam ser transmitidas num texto. “Uma imagem vale mais que mil palavras”.

Agora que ja entendemos a importância das imagens, é igualmente importante que você aprenda a otimizar suas imagens para os buscadores (o que é conhecido como SEO para imagens).

6 formas de otimizar imagens do seu site

1. Utilização do atributo ALT

Mesmo que a tecnologia para o reconhecimento de imagens tenha avançado muito, os buscadores seguem tendo problemas para interpretar o conteúdo das imagens.

Por isso, precisa utilizar o atributo ALT para descrever suas imagens.

O nome ALT vem do alternate texto ou texto alternativo, e é o que utilizam os buscadores para saber que é o que mostra a imagem. Também é o texto que é utilizado no lugar da imagem quando ela não pode ser carregada junto com o resto do conteúdo da página.

Além de tudo, um detalhe que poucos pensam é na usabilidade e na possibilidade de ajudar a muita gente cega e que tem programas que leem o conteúdo para eles. É uma excelente forma de fidelizar visitas com uma boa descrição de suas imagens.

A chave para criar boas tag ALT são:

  • Descrever fielmente o conteúdo da imagem
  • Incluir a palavra chave principal
  • Ser especifico

2. Nome do Arquivo

O nome do arquivo é um indicador do conteúdo da imagem. Pensa que uma imagem chamada “bolo-de-banana.jpg” provavelmente mostre um bolo de banana.

Para otimizar o nome deve tentar ser curto e descritivo, e não é necessário que inclua tanta informação como na Tag ALT.

Um bom nome de arquivo é caracterizado por:

  • Representar o conteúdo da imagem
  • Incluir a palavra chave principal
  • Utilizar tracinhos para separar as palavras

3. Contexto

É muito importante que suas imagens estejam cercadas por textos e que esse texto seja relacionado com o conteúdo da imagem. Isso quer dizer o texto que há acima e abaixo da imagem, cabeçalhos e título da página (sempre que for possível).

Tenha em consideração que si o texto que cerca a imagem não tem nada a ver, a relevância para o buscador será baixa. Assim que quanto mais estreita seja a relação entre a imagem e o contexto dela, melhor.

4. Tamanho do arquivo

O ideal é que o tamanho do arquivo seja o menor possível. Dessa forma as imagens carregam rápido, e isso é algo que os buscadores gostam e premiam.

Porém, o tamanho do arquivo depende de dois coisas:

  • A dimensão da imagem
  • A qualidade da imagem

Se quer uma imagem de grandes dimensões num arquivo pequeno, a qualidade não será boa. E se quer uma imagem de alta qualidade, terá que reduzir as dimensões.

Isso faz do JPEG o formato ideal para os buscadores, ainda que também pode utilizar PNG e GIF.

Então, na hora de preparar suas imagens:

  • Utilize JPEG se for possível
  • Utilize as dimensões exatas que precise
  • A qualidade de JPEG media é suficiente para web

Por outro lado, pode utilizar TinyPNG para comprimir imagens. Essa ferramenta faz um trabalho bom mantendo a qualidade das imagens.

5. Descrição longa

Um atributo pouco conhecido para imagens é a descrição longa. Como seu nome diz, serve para incluir uma descrição mais longa que a que pode ser inclusa no atributo ALT.

A verdade é que a descrição longa não é muito utilizada, porém, queria incluir ela na lista para que você tenha toda a informação possível.

6. Sitemaps de Imagens

Um aspecto muito importante da otimização de imagens é a indexação. As imagens devem estar no índice do buscador para aparecer na busca, porém, se o buscador não encontra seus arquivos de imagem, dificilmente poderá registrar elas.

Há uma forma de aumentar as possibilidades de que suas imagens sejam indexadas, e é gerando um sitemap específico para imagens. Esse arquivo inclui a URL de cada imagem, porém, também é possível adicionar o título e o footer da foto.

Mais uma dica

Já que chegou até aqui, o que agradeço muito, não vou deixar que termine sem te passar uma dica extra. E vou te adiantar que essa dica é a mais efetiva.

Se quer melhorar a visibilidade de suas imagens, não há nada mais simples e direto que conseguir links. Sim, links. E não só para a página que contem a imagem, também para o próprio arquivo de imagem.

Além disso, se utiliza palavras chaves no texto ancora, pode melhorar o posicionamento para essas buscas. Mas, é claro, sem abusar.

 

Cadastre-se e receba novidades de nosso blog em seu e-mail



Suas informações estão seguras.

Postado Por Alison Nunes

Alison Nunes

Tecnico em desenvolvimento de sistemas e soluções para internet, é apaixonado por tudo relacionado a empreendedorismo, criatividade e técnologia! Encontrou na WEB IN uma oportunidade única de participar da criação, planejamento e desenvolvimento de novos negócios.

Gostou deste post? Deixe seu comentário

Leia Também: